20 de outubro de 2012

Je t'aime





Amo, estou a amar
Amar, amor, te amo
Apenas amo e só sei amar

Meu amor, descobri o amor
Em você, em seu jardim
Brilhante em sua alma
Agora tenho amor em mim

Você, tu,
És
Razão pra viver,
Para amar e ser

Meu amor, em ti encontrei o céu
Minha alma relaxou,
Se apaziguou
Meu coração ama como nunca amou

Você, tu,
És
Meu tudo, minha poesia
És sublime em harmonia

Meu amor, te olhei e fascinei
E assim apaixonei
Me elevou, me fez sorrir
Quero pra sempre voar e não cair

Você, tu,
És
Sempre será
Quem há de me encantar

Musa do
Meu querer

Mon amour
Je t’aime




Aspas do Autor: Porque o amor jamais deixará de ser a pauta dos meus escritos... Meu carinho à todos!

10 comentários:

  1. Bom dia,Alê!Sempre lindos versos!
    Que o amor continue a ser a pauta dos teus versos e dos teus dias.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Ah, o amor :)
    Lindo poema, gostei
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  3. Amor, apenas, e isso basta... Muito lindo.

    http://esfriouocafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Noss!

    Um dia ainda vou ser musa assim.

    Belo demais..


    Beijos, menino que adoro!

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde :)
    Sempre bom ver mais um poeta *-*
    Também tenho um blog com poesias e tal.

    Seguindo aqui
    Abraços

    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
  6. Que lindo !

    Amor,amar,sempre amaremos,de formas diferentes mais de um amor igual,de tamanhos diferentes mais amor vem de amor,amor a gente sempre tem de sobra.

    beijo querido !

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente linda poesia, como é gostoso ler sobre amor, como é fascinante senti-lo só quem sente sabe.

    http://fazdecontatxt.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. É isso que me agrada aqui, tua forma de descrever algo tão puro como o amor, da forma mais incomum que existe. Sentir tudo isso, viver tudo isso é uma obrigação pra quem quer ser realmente feliz.

    Adorei, parabéns pelas palavras. :)

    ResponderExcluir
  9. Oi Alexandre, querido!

    Procurar seu blog, abri-lo e deparar com a palavra, que encima sua postagem é transcendental. JE T' AIME.

    É tão bonito e especial, esta expressão, mas tem de ser, em francês, senão, perde, um pouco do encanto, que ela contém.

    Seu poema é um bonito cântico de amor, onde o coração não lhe obedece.

    Será tágide, será musa, será ninfa, mas será, sobretudo, MULHER.

    Grata por seus comentários tão líricos, sinceros e bem engendrados. Inteligentes, numa palavra, só.

    Beijos da Luz, com muita ternura.

    ResponderExcluir
  10. Aaaah, o amor! Esse eterno ponto de exclamação vivo dentro do peito. Essa eterna duvida diária. Essa confusão organizada que nos tira o sono e que transforma nossa vida. Enquanto existe amor, ha esperança.

    Abraço, Alexandre

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!