18 de outubro de 2008

Sozinho no corredor




Talvez fosse necessário dizer aqui, em frases detalhadas e palavras minuciosamente escolhidas as sensações que sublimam o meu coração. Mas não. O que corta a minha garganta é a fragilidade que eu tenho em lidar com assuntos que envolvam meu coração. Até onde eu sei, não há nada que eu saiba que possa acalmar meus nervos nos momentos em que preciso daquele equilíbrio tão necessário. Mas então me vem à mente os anos que se foram, e consigo perceber muitos aprendizados se esvaindo, como água se tornando vapor. Onde se encontra a falha?

É quando percebo que não há falha, somente a minha falta de capacidade de aprender, e toda essa minha fragilidade que desestrutura a minha base, e toda a minha conjunção de emoções. No meu jeito tímido de caminhar procuro encontrar razões para sorrir e continuar ali de olhos firmes, cabeça pra cima e corpo altivo. O que me cerca são dúvidas, angústias, frustrações e acessos de tristeza que muitas vezes me deixa instável e me faz chorar. São muitos momentos em que existe a necessidade de refletir sobre a luz que me abraça, a noite que me acoberta e os sonhos que me sustentam.

A solidão se faz necessária para que eu possa mensurar as circunstâncias e toda essa gama de acontecimentos que me envolve no dia-a-dia. O fato é que não sou a pessoa que muitos pensam ser. Nem sou a melhor das pessoas como alguns julgam. O que me desatina a falar é que sofro por saber que não posso corresponder sempre do mesmo jeito. Não dá. Nem sempre consigo ser o que desejo ser tanto. Eu tenho sentimentos mais fortes, e que me deixam em uma alucinante loucura. Isso é que me fere a ponto de corroer a minha pele. Na distância, entre o céu e a Terra, me vejo ali, cabisbaixo, alarmado com uma ponta de tristeza que me invade pelo fato de ainda não ter aprendido determinadas coisas que são essenciais para a vida de qualquer ser humano.

Sozinho eu fico, quando me surgem fatos que saem do meu controle. Porque existem coisas que afetam drasticamente meu coração. E tudo recai em tudo que já pude aprender e ensinar. Há momentos em que pareço estar jogando anos de aprendizado, e outros aos quais me parece que não foram suficientes para abrir meus olhos. Estou sozinho no corredor da minha alma, e infelizmente nos momentos atuais, não há quem possa me ajudar. Devo encontrar a saída para muitas dúvidas e angústias, com as minhas próprias pernas. E as soluções? Cabe a mim, desvendar por conta própria. Diante de tanta dor e debaixo de um céu cinzento, precisarei sempre de um pouco de paz e uma resposta para o que devo fazer.





Aspas do Autor: O grande debate que sempre persistirá dentro de mim. Uma busca que vem lá de dentro, por valores que realmente importam. E mostro o quão minha fraqueza me distancia do destino que quero alcançar. Mas quem disse que o caminho da vida é reto? Meu sincero carinho a todos que docemente me visitam.

17 comentários:

  1. Meu querido Alf:
    Tenho tantas coisas que lhe dizer, que minha vontade seria nesse momento estar sentada na sua frente, onde pudessemos conversar.
    Sao tantas coisas que se passaram na minha cabeca ao ler tudo que voce escreveu.
    Nao somente voce, meu querido, mas todos nos temos uma dificuldade extrema em lidar com assuntos que envolvam o coracao. O coracao eh a parte mais sensivel e vulneravel de um ser humano. A dificuldade de se lidar com ele, sempre existirah, mas a cada passinho que damos em direcao ao seu "conhecimento", recebemos um aplauso interior.
    Nao ha falta de capacidade de aprender.... veja: se voce eh fragil, se se sente fragil, esse eh VOCE, e assim um dia alguem olhara para voce justamente do jeito que voce eh. Entende? Voce nao tem nada a "consertar". Apenas a entender que voce Alf, eh uma pessoa especial.
    Ninguem meu querido, consegue ser, o que deseja tanto, acredite! NINGUEM! Todos nos temos aqueles nossos segredos, aquelas nossa impotencia diante de certas coisas.
    Sou uma pessoa muito transparente e sofro muito por isso. Consigo mudar? Nao! Nao consigo. E tenho que me aceitar assim. Muitas vezes olhando o modo que os americanos sao, eu gostaria de ser assim, exatamente como eles. Foram ensinados a nao demonstrar seus sentimentos. Parecem que sofrem tao menos que eu. Serah?
    Sempre estamos com uma pergunta no fundo de nos mesmos.
    Se isso pode lhe consolar, meu amigo, tambem sinto-me sozinha quando algo foge do meu controle. Voce somente "pensa" que recai em tudo que voce ja pode aprender e ensinar...mas nao eh verdade. Isso eh infinito. E como aquele horizonte que voce olha quando ve o mar, algo que voce nao vai alcancar, mas sempre dar uma bracada para frente. Entendeu?
    Nao eh somente voce que se sente sozinho no corredor de sua alma, apenas muitos, nao o dizem. Todos nos temos nossos limites e nossas carencias. E nossas frustracoes.
    O que sinto em voce, meu amigo querido, eh um desejo muito grande de sempre se analisar...mas..nao se culpe com essa analise. "O fato eh que nao sou a pessoa que muitos pensam ser. Nem sou a melhor das pessoas como alguns julgam"... Meu querido Alf: nessa frase, esta o jeito tao duro que voce analisa voce mesmo! Todos nos nao somos seres humanos, sujeitos a falhas, caidas, e levantadas. Mas a alma, essa permanece intacta. E toda vez que eu venho aqui, eh ela que eu vejo, brilhando em sua pagina...sempre! Na clareza de suas palavras, no seu coracao exposto, na sua fragilidade. Nao eh errado ser fragil.. e nem errado chorar...
    Sempre me alegra ver voce, tao jovem, guerreando com seus sentimentos e procurando ser melhor...e se entender. Acredite: na sua idade, nao sao muitos que fazem isso.
    Entao... eu ficaria aqui horas falando...mas prefiro apenas agora deixar aqui um abraco muito apertado, um beijo muito carinhoso, e tenha certeza meu amigo, que eu compartilho de seu sentimento, e acompanho passo a passo seu crescimento.
    Voce eh uma grande pessoa!
    MARY

    ResponderExcluir
  2. Olá mocinho,
    Bem,várias partes do seu texto me deixaram pensando no que te dizer.Então vamos lá:
    "aprendizados se esvaindo..."
    Saiba,que TUDO que a gente aprende é válido.Talvez agora vc n se dê conta,ou talvez vc n consiga usar o q aprendeu em uma outra relação nessa(Por ex),mais na hora que for necessário vc vai se lembrar.Naõ tenha dúvida disso!
    "Falta de capacidade de aprender"
    Que isso?É claro que vc aprendeu.Talvez vc apenas não seja a uma´pessoa amarga.Que tendo sofrido uma vez não vá dar mais chances a felicidade,ao amor!
    "Não sou o que pensam ser"
    E vc acha que alguém é?Pois te digo com toda a certeza:Não.Não somos tão felizes,tão tristes,tão amávais...Tanta coisa não somos e tantas outras somos sem que os outros nunca saibam!
    "Sonhos que me sustemtam"UFA,vc tem sonhos!Aí vc pensa:Ué e quem não tem?Justamente,todos nós somos parecidos.Todos sonhamos,todos comemos,e todos sofremos tbm.é NORMAL,É FATO.Não ache que sua vida é a pior de todas,ou que vc sofre mais.As vezes a dor é tão grmade que achamos que não vamos suporta-la.Mais suportamos e no final ficamos mais forte.
    Vc acredita em Deus?Eu acredito,e qndo meu coração estava doendo como o seu,foi a Ele que eu recorri.Ele me escutou,me colocou em seu colo e me consolou.Sim,eu acredito nisso.Deus tem me ajudado muito.Agora se isso não for a sua praia,procure o que é.Saia,encha a cara,vai estudar,vai trabalhar,vai ser voluntário em um Hospital.Qualquer coisa que ocupe o seu tempo e te faça feliz!
    ISSO VAI TE AJUDAR,E SO VC PODE SER AJUDAR.SO VC!

    ResponderExcluir
  3. Ah,parabéns pelo Blog(Seu template é lindo.Meu sonho um dia consegui fazer um assim rs),parabéns por ser um cara lindo(por dentro e por fora)parabéns por ser sensível(Ta difícil isso hoje em dia)
    Enfim PARABÉNS POR VC SER ASSIM COMO VC É...

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Sério que fez diferença?Pôxa,então já posso dormir!rsrs
    Eu n disse nada q vc n soubesse.So estava faltando mesmo a sacudida.
    Então vamos lá.
    Dizem qeu mal de amor se cura com outro não é?Siga em frente! Eu no momento não estou querendo amar não.Quero me curtir mais,pensar um pouco mais em mim e nas pessoas que amo(Família,amigos)
    Estou feliz em saber que pude ajudar!
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Cada um de nós tem suas fragilidades, Alf! Mas, são poucos, como você, que refletem sobre isso!
    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  7. Meu querido Alf:
    Tem um premio para voce no meu Blog. Mas nao precisa seguir a regra, viu?
    Quero somente que pegue seu selinho!
    Um beijo carinhoso
    MARY

    ResponderExcluir
  8. Adoros seus textos.
    São de uma sensibilidade ímpar. De alguém transparente, com a doce certa de pureza, inquietudo e amor

    ResponderExcluir
  9. Oi querido...
    ando meio sem tempo p os blogs =/
    mas arrumei um tempinho e dei uma atualizado no meu...
    depois volto c calma, aqui!
    só vim msm dá um alô ;D
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Alf,

    Vim agradecer pelas doces palavras que você sempre deixa voando lá no meu canto e que eu gosto tanto!

    E nem tem jeito, não resisto aos encantos das suas palavras. Leio de novo toda vez que passo, assim, quando era só pra passar. =)

    Obrigada pelo carinho.

    Beijo meu!

    ResponderExcluir
  11. Ah,então não foi de amor?
    Dá uma olhada lá no meu Blog,lá tem um texto que eu fiz pras pessoas que me decepcionaram(Amigos) ta lá no texto:
    http://luci2003riador.blogspot.com/2008/10/amargando.html
    É amigo,isso acontece nas melhores famílias rs rs
    Quanto a amar?Eu tô afim é de ser feliz.É amando um homem?Um emprego?Um curso?Minha filha?
    Agora não me importa.EU QUERO É SER FELIZ!

    ResponderExcluir
  12. Oi Alf,

    desculpe-me pela demora da visita. Tenho tido pouco tempo ultimamente. Provas, trabalhos, estágio, você entende, né? rs

    Seu texto me chamou para a afinidade. E escritor tem dessas vantagens. Falam por nós, leitores. Seu desejo de corresponder as palavras bonitas que falam de você, o medo de errar, as dúvidas, angústias, martírios... tudo isso são cinzas que me acompanham também. Viver dá um trabalho que ninguém imagina, rs. E tem também aquela questão de sempre pagarmos o preço por sermos quem somos.

    Abraço pra você, meu caro.

    ResponderExcluir
  13. "A solidão se faz necessária para que eu possa mensurar as circunstâncias e toda essa gama de acontecimentos que me envolve no dia-a-dia. O fato é que não sou a pessoa que muitos pensam ser. Nem sou a melhor das pessoas como alguns julgam. O que me desatina a falar é que sofro por saber que não posso corresponder sempre do mesmo jeito.", acho perfeito quando vc dosa bem as palavras, fazendo com ue eu me coloque em seu lugar. Pois me sinto da mesma forma. Muitos me apontam o dedo, classificando-me imediatamente em um estereótipo que não é o meu. E assim vou sendo encaixada numa estante, repleta de outros rótulos.

    Alexandre, eu gosto muito dos teus comentários lá no blog, sério mesmo. É adorável saber que alguém vai lá e lê com sentimento, comenta com gratidão. Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  14. Fato que a gente sempre está aprendendo a ser melhor, conhecer os proprios medos ,angustias, conhecer a si mesmo é tarefa para poucos, com certeza não é uma reta e graças a Deus, porque acho que não teria graça nenhuma viver sem as curvas da vida!

    :)

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  15. Alf, sou que nem você.
    Me envolvo taaaaanto com meu coração que me sinto até incompreendida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Irmão,
    a vida é isso. O aprendizado em cima de alguma falha é o exemplo de vida.

    A vida tem suas surpresas tristes e felizes.

    Cabe a nós seres humanos, vivermos o momento.


    Abs!!!



    Marcos Seiter

    ResponderExcluir
  17. Querido Alf, teu blog foi-me uma grata surpresa, pois, ao ler esse teu texto, me vi nele.
    Sem saber, escreveste sobre mim, sobre o que vivo nesse momento. Também "Estou sozinha no corredor da minha alma".
    Belíssimo.
    Adorei.
    Voltarei sempre aqui!
    Beijos

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!