31 de maio de 2014

Estilhaço

Foto: Asrul Dwi


Pele em estilhaço
mas a poesia
é de aço

Não espatifa
tão fácil



Aspas do Autor: Não é tão fácil me espatifar mundo...

10 comentários:

  1. A poesia só consegue espatifar os corações amargurados.

    Beijos Alê

    ResponderExcluir
  2. Que a poesia só seja cura, ainda que por dentro sangre.

    ResponderExcluir
  3. É desses estilhaços que a minha poesia ganha o aço.

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
  4. Poucas palavras que dizem muito...
    És um guerreiro da contemporaneidade...=*
    Bjs e boa semana...

    ResponderExcluir
  5. Acho que alem da poesia ser de aço, as palavras também sao e expressam tanto de nos. Né?
    Lindo

    ResponderExcluir
  6. Como eu adoro poesia simplista. Meu pai sempre me disse que os melhores artistas tem poder de síntese. O texto direto, quase visual. "Poesia é pra ser sentida". Realmente admiro o seu talento, Alexandre.
    Ah, claro, e como sempre, amei seu comentário no meu blog.

    ResponderExcluir
  7. Adorei! Se a poesia é de aço
    então o poeta é de ouro!

    primeira vez que vejo uma mini poesia sua. :)

    Pode passar la, rss!!

    beijos

    ResponderExcluir
  8. A poesia, sempre tranquilizadora de almas angustiadas e estilhaçadas. A poesia que sempre consegue agregar tantos sentimentos, sejam eles bons ou ruins.

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!