26 de abril de 2014

Tristeza brejeira

Foto: Fabio Mendes


A tristeza me (ins)pira
Transpira a certeza
de uma poesia sem
eira nem beira

A tristeza me (ex)pira
Suspira a frieza
de um olhar sem
nenhuma estribeira

A tristeza me (as)pira
Conspira a fraqueza
em um peito com
demasiada canseira



Aspas do Autor: Um peito cansado, exprimido, porém, desejoso...

13 comentários:

  1. Belo poema meu amigo!

    É você na foto?

    Um abraço

    #TamuJunto

    ResponderExcluir
  2. O primeiro trecho acredito o mais bonito... Consigo escrever melhor na tristeza :))
    Ótimo poema Alê !!

    www.chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  3. Triste a gente escreve melhor... meu melhor texto eu fiz muito mal depois de saber de uma barbaridade que aconteceu com uma amiga virtual minha.

    ResponderExcluir
  4. Como sempre, escrevendo super bem. Mais um poema seu que me vi bastante envolvido.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. OI Ale,
    A tristeza assim como a alegria não deve ficar presas.
    Quando compartilhamos, parece que divide o fardo e tudo fica mais leve.
    Esse mes foi um mes muito triste, mas saõ ciclos que a vida fecha e abre outros.

    Lindo poema!

    A tristeza não deve durar mais que o tempo de uma estrela cadente.

    Beijos no coração.
    Amodoro!

    ResponderExcluir
  6. Escute a música "Sorrow", do IAMX, acho que tem bastante a ver com o seu poema, que a propósito, adorei.

    ResponderExcluir
  7. Uma vez acreditei que a tristeza fosse o único motivo pelo qual eu escrevia e escrevia, hoje eu vejo que ela ainda é um motivo, dos bons e dos fortes, mas não é o único, ultimamente ela tem perdido feio pro motivo do amor, dos risos e da vida.


    Belo poema, Alê, como sempre!
    beijos, moço.

    eraoutravezamor.blogspot.com
    semprovas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Inspirei, Expirei e Aspirei toda essa paz e positividade toda vez que entro em seu blog e leio cada post. Amo estar aqui.

    (Post novo no meu Blog; Venha conferir e Sinta-se a vontade para comentar.)

    http://marcellyrosa.blogspot.com.br/ M.R ♥

    ResponderExcluir
  9. Interessante que eu me senti exatamente assim, nos últimos tempos e até falei um pouco sobre isso lá no blog.

    Beijos

    http://manuellamontesanto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. A tristeza nos tira o melhor, é verdadeiro, fiel e exato do que tem dentro de nós.
    E o que é verdadeiro e puro é lindo.

    ResponderExcluir
  11. A gente sempre escreve melhor quando está triste, acho que escritor, no fundo, é meio masoquista.
    Tava com saudades daqui, desculpa ter sumido (de novo)
    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
  12. Acho que a tristeza nos aproxima bastante da loucura...
    Beijos!!

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!