6 de dezembro de 2012

Renascer diário




Mais um ano de vida...


Hoje me torno mais criança. Hoje me torno mais humano e mais adulto. Aprendo e desaprendo. Cresço e encolho. Vivo e galgo meus sonhos sob minha involuntária inspiração, sob a enfática força dos meus pés e pelo toque suave do vento que roça. Os olhos não mentem. O sorriso silencia em tons de pura sintonia o sentimento que me acolhe desde tempos remotos, em que sequer me lembro. Desde o momento em que meus olhinhos se abriram para esse mundo. Talvez. 

Hoje renasço da morte de ontem. Hoje nasço para uma nova vida que nunca tive antes. Hoje já não sou mais o que fui há um segundo e daqui a um segundo serei outro. Sou pura transição. Mudo na medida em que me movimento. Todo dia é mais que um novo dia, é uma nova vida. Quanto mais amadureço, mais me sinto pequeno e imaturo. Quanto mais me preencho, mais me percebo vazio. Escapole-me das mãos a profundidade do que eu guardo. Capturo na essência do meu ser meus desejos mais preciosos e ocultos. 

Reabro os olhos. O mundo me aconchega e se apresenta. Palavras me faltam pra descrever o momento. Sentir é um alento. É o que principia o avanço e decora minha capacidade de amar com requintes de ternura. É o que finda e reveste minha pele com a suavidade dos encantos, da mais bela poesia que distende sua beleza em fagulhas de singular formosura. Renascer é aquietar. E a paz me aniquila sem qualquer intempérie. A vida se faz íntima, a despeito das lágrimas que caem de emoção. 

Todo dia comemoro um nascimento. Todo dia descubro que não sei nada sobre nada. Sou um ignorante, um digno errante em busca de uma matéria-prima escassa. Mas luto ferrenhamente para a luz vislumbrar. A sombra, por vezes, me assombra, mas persisto fiel na caça pelo real sentido em viver. Meu mundo se agiganta quanto mais eu o desbravo. Sou menor que um grão, bem menor que a metade de um átomo. Não afeto um palmo do que vejo. Neste universo, sou insignificante, por mais que eu evolua a cada vez que renasço, dia após dia. 

Mas sei que posso ser grande, mesmo não sendo gigante. É isso que culmina doce no meu peito. A esperança vem sutil deitar-se comigo, em todos os momentos. É a sua mão que seguro quando durmo, é sua companhia que tenho ao acordar. Morro repleto de fé. Renasço com a fé redobrada. É esta presença que colore meus olhos, que pincela minha pele com a cor da mais bonita crença. Pela felicidade. Pelo amor intermitente. 

Hoje é mais um de tantos outros dias em que renasço. Pequeno ainda, praticamente um broto, mas com a esperança do meu lado.


Aspas do Autor: Mais um ano de vida. Mais uma primavera. 2012 foi um daqueles anos praticamente indiferentes. Pouca coisa revolucionária aconteceu a mim. Simplesmente vivi e senti cada dia. Confesso que teve muitos momentos com tensão emocional, mas muitas com suavidade. Porém, já vivi anos melhores. Enfim... Que venha 2013... Logo! Um abraço a todos.

13 comentários:

  1. Lhe indiquei a um meme de incentivo à leitura.

    http://luzia-medeiros.blogspot.com.br/2012/12/laco-de-incentivo-leitura.html

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Feliz aniversario!!!


    Tudo de melhor no mundo pra vc.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Bom, meu amigo, eu sei que já tem um tempo em que eu não apareço por aqui, mas eu não poderia deixar passar essa data.
    Sim, aniversários são como renascimentos, são até momentos de uma reflexão interior em que a gente se pergunta qual nosso lugar nesse mundo e como o temos afetado durante todos esses anos e acredito que afetamos muito mais do que somos capazes de perceber.
    Viver é entrelaçar nossas experiências num emaranhado de outras vidas que se modificam e nos modificam.
    Desejo a ti um feliz aniversário, repleto de tudo aquilo de bom que há, muitas felicidades e grandes realizações e que 2013 que está chegando aí seja um ano bom.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Esses sinais de maturidade... sempre tão intensos e, ao mesmo tempo, tão naturais!
    Precisamos mesmo ir dormir e acordar com a fé fazendo nossos corações pularem.
    2012 para mim parece ter sido bem diferente do que foi para você :x Mas cada um com sua experiência, né? Independente disso, certamente teremos lembranças singulares.
    Abração, mano! :D

    ResponderExcluir
  5. Primeiro: Feliz aniversario!
    Depois, qeu postagem mais linda!
    Acho que aniversariar da um animo e uma autorizacao pra que a gente renasça.
    Em cada aniversario é como se a gte tivesse a autorização de começar de novo!
    bj
    http://opinandoemtudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Desculpa! É que estava com presa ai entrei nos blogs só para avisar sobre o Meme. Percebi que era um texto novo. Só que deixei para ler depois.Inclusive vou ler agora.

    Mas, primeiramente quero lhe parabenizar. Mesmo atrasado, eu lhe desejo um mar de coisas lindas, tão lindas e serenas quanto o teu coração.Feliz aniversário!

    Obrigada pelo pedaço de bolo. Rs. Você é um cara muito especial mesmo. Te gosto muito mesmo. Você sabe disso!

    Um abraço, fica com Deus.

    ResponderExcluir
  7. Mais um texto lindo! Viver é isto renascer todos os dias. Aprender sempre! Tenho certeza que 2013 será bem melhor. Cheio de cores vivas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá, querido Alexandre!

    Não entendi, exatamente, e através da primeira frase de seu texto: "Hoje, me torno mais criança", se era ou não aniversariante ou se o seu escrito se inseria, indiretamente, no espírito da quadra, que estamos atravessando-O Natal.

    Caso tenha sido seu aniversário, PARABÉNS, FELICIDADES E MUITOS ANOS DE VIDA, MAS COM QUALIDADE.

    Seu texto está, como sempre, muito bem escrito e você se auto-analisa, o que nem todos nós conseguimos fazer, através da escrita. Podemos pensar, mas escrever se torna difícil.

    Certamente que você hoje sabe mais do que ontem, mas muito menos que amanhã. Somos todos ignorantes, nesse momento, em relação ao minuto que se segue.

    A vida não é uma entidade morta, ela avança, embora, por vezes, nos pareça que há recuos, ela sempre caminha na sonda de novos horizontes, que irão surgindo até ao final de nossas vidas.

    Obrigada por ter passado pelo blog da Rosa Maria e ter gostado do que ela escreve. O género da poesia dela, e de que ela tanto gosta e se sente bem é melancólico sombrio, soturno, infeliz, mas muito bem equacionado, mentalmente. Ela, Mulher Solidão, eu Mulher Paixão.
    Foi uma troca de papéis, apenas, porque o que ambas gostamos de escrever, está na cara, no blog.

    Com todo o entusiasmo dos lençóis de cetim e daquele "fogo que arde sem se ver", esqueceu de comentar meu poema. A maior parte dos seguidores, gostou do meu poema, mas me prefere como "Mulher Sensual e Fatal". E você?

    Lhe desejo uma excelente semana.

    Não postarei mais até ao final do ano, pelos imensos afazeres académicos e porque começarei de férias, dia 23 desse mês.

    FELIZ NATAL, NA ESSÊNCIA DO MESMO, E EXCELENTE 2013, SÃO OS MEUS MAIS SINCEROS VOTOS.

    Beijos da Luz, com carinho e apreço.

    ResponderExcluir
  9. Como fênix que se liberta diariamente diante da beleza da linda Lei da Eterna Mudança de tudo.... Namastê!

    ResponderExcluir
  10. Meu amigo

    Vinha agradecer as palavras belas que deixou no blogue da Luz sobre o meu poema e deparo com um belo texto...um balanço lúcido e sereno.
    Deixo os meus parabéns pelo aniversário e um beijinho.

    Sonhadora(RosaMaria)

    ResponderExcluir
  11. Parabéns, atrasada hehe' (minha cara isso) rs...

    Ah! tu disse do bolo né, manda pra Jipa por Sedex hahahahahaha, chega só a caixa kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Oi,Alê!Pois é estamos em constante transformações e parece que quanto mais sabemos mais nos damos de conta que sabemos muito pouco.
    2012 foi um ano que não aconteceu nada de extraordinário tbm,foi um ano de bastante desafios e também passei por muita tensão emocional.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  13. Parabéns Poeta !

    Que seus mais lindos textos se tornem realidade!Aliais seu texto está esplendido...

    Forte abraço Amigo ♥

    http://psicodoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!