26 de maio de 2012

A marca da saudade




"Cada um que passa em nossa vida passa sozinho, mas não vai só, nem nos deixam sós.
Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito;
mas não há os que não levam nada. Há os que deixam muito; mas não há os que não
deixam nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente
que duas almas não se encontram ao acaso." (Antoine De Saint-Exupéry)


O terreno do coração é tão macio e fofo, que quando pessoas especiais caminham cuidadosas por ele, deixam suas marcas. Abandonam um pouco de si, impregnam os grãos da nossa terra doce com o aroma da sua alma. E levam um pouco de nós, arrastam na sola da alma, grãos desse nosso chão, que na verdade são como pedaços inteiros de nós, do coração e alma.

Não há como desprendermos os olhos translúcidos do sentimento presente nas marcas, nas flores que despontam e exalam os aromas que perfumam o ambiente da alma e de tudo o mais que ali está vívido e deixado... Por alguém... Marcas como essas são elos de magia que permitem dar sabor às batidas do coração, mais vida à energia que pulsa no íntimo de nós; dá sentido ao sentir. O íntimo desmancha em emoção.

Não há como não sentir a falta. De quem o originou. De quem semeou todos estes encantos em nós. A saudade intensifica. O sentimento aponta. Há a falta do calor que serve pra preencher estes vestígios profundos. Embora a falta também seja uma maneira de saber o que permanece. Se algo não está, mas a saudade alerta, então é sinal de que ali há. Ali permanece. O sentimento denuncia. É uma presença assimilada na ausência. Saudade é isso, uma presença ausente. E só há saudade por aquilo e por quem nos marca. E a marca é também uma presença. Forte!





Aspas do Autor: Algumas marcas, nenhum vento forte é capaz de borrar, nem mesmo as franjas do mar conseguem apagar. A saudade se mostra bela nas marcas que há em mim.  Porque, hoje, no meu coração, há ainda marcas, que permanecem... Fortes e em especial relevo. Ah saudade...

13 comentários:

  1. A saudade, realmente nos deixa marcas profundas. É impossível amar alguém e depois da partida não sentir o abraço da saudade, que, as vezes, nos sufoca e outras nos faz sentir a presença da pessoa amada tão perto, tão presente, que podemos sentir até mesmo as batidas do coração.

    Amei o texto! Sim, estou bem. Estou abraçando uma paz interior que pensei não existir. Espero que você esteja bem. De alma e coração leve.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. "Saudade é isso, uma presença ausente"

    Pois é, problema é quanto tempo perdemos com isso, sabe?! Quando começa a tomar conta e nem percebemos.

    P.S.: Saudades, querido.

    ResponderExcluir
  3. Nas minhas andanças nos blogs da vida, nunca tinha lido uma definição para saudade e marcas deixadas pelas pessoas que passam em nossa vida tão bem. Refleti um pouco sobre uma amiga que já se foi com Deus. Sobre o que ela deixou em mim e sobre o que levou de mim. Foi algo mágico. Foram sentimentos que só sentia quando estava com ela. Foi como se as sementes que ela deixou cair, quando passou por minha vida, brotassem. Parabéns. =D

    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Saudade dói muito. Mas muitas vezes fico feliz por sentir saudade de algo, pois como você disse, sentimos saudade do que nos marca. E certa coisas nos marcam tanto que nossa saudade vira eterna. Belo texto, beijos.

    ResponderExcluir
  5. saudade é ver o que a outra pessoa deixou ...
    q lindo, lembrei de tantas pessoas ...

    ResponderExcluir
  6. Só há saudade por aquilo que nos marca.

    Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

    by Clarice Lispector

    Penso que as vezes sinto dor de saudades.

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Difícil mesmo é não te ler apaixonado. Lindo texto. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. É simples, tem coisas que não se apagam mesmo, não importa o que tentemos fazer.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Saudades deixa marcas doloridas em nossos corações que muitas vezes não tem fim. E pessoas importantes deixam muito de si quando se vão, até aquelas que não são tanto assim. Alias, deixar pessoas que gostamos tanto de ter por perto ir embora, é difícil, parece que sempre estamos chamando de volta em nosso coração, em nossa mente e sonhos. Eu não sou alguém que lida com saudades tão facilmente, eu odeio me sentir assim.

    Lindo texto, amigo. Você sempre escrevendo super bem *-*

    Beijos,
    Monique <3
    http://www.secretsofalittlegirl.com/

    ResponderExcluir
  10. A saudade pode chegar a ser cruel. E acho que até certo ponto ela é. Mas como minha avó dizia: é só não se deixar dominar e transformar tudo em saudade boa. O tempo faz isso.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  11. Oi,ALF!Lindo texto,realmente há pessoas que nos marcam para sempre por mais que o tempo passe um pedacinho delas fica com a gente e um pedaço de nós vai com essas pessoas. O que não podemos é deixar que essas pessoas nos paralisem,não podemos ficar presos ao passado, o jeito é seguir em frente e acreditar que novas pessoas aparecerão para tornar nosso caminho mais especial e encantador.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  12. Saudade é o amor na ausência li isso uma vez, e na sua definição é uma presença ausente =) .Por que será que as coisas mais belas ao mesmo tempo tem uma pincelada de tristeza... adorei suas palavras.
    lindos ventos pra ti.

    ResponderExcluir
  13. O céu sempre irá sorrir quando você olhar para cima chorando.pois minha maior herança esta la meu filho minha vida
    http://meuanjomoranoceu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!