23 de julho de 2011

O necessário a cada um




Nascemos vazios e carentes de algo. Os dias passam e nossas necessidades vão se acentuando, evidenciando o que de fato nos pode completar. É intuitivo pensarmos no que potencialmente é capaz de nos deixar completos e felizes. Não é algo que saibamos explicar, mas que sabemos bem identificar. O que queremos se alarma dentro de nós, como placas de orientações durante o percurso, dicas que nos fazem sentir propensos a sonhar por algo.

Mesmo que não haja uma forma de responder, ou mesmo afirmar exatamente o que nos move dentro de nós, uma semente vai brotando a cada dia. O florescer da alma é algo que se torna latente dia após dia, mas ela surge assim silenciosa e imensamente discreta, o que torna difícil sua compreensão. Mas o coração é o tradutor universal para sentimentos que perpetuam por dentro de cada um. Ele nos aquieta de uma forma que só se torna possível aceitar.

Não vivemos em vão. O olhar não se atrai por algo de forma aleatória. Os dedos das mãos tremem porque algo os deixa assim. O coração palpita com mais força por algum motivo especial. Tudo que nos estremece tem os encantos que tanto ansiamos e sequer entendemos. O que é necessário a cada um de nós vai surgindo gradativamente, a passos curtos. A ternura do que necessitamos vai adentrando e espreitando nossas almas com extrema delicadeza e afeto.

Não existem maneiras de identificar o que pode nos locomover. O que nos completa está intrínseco no âmago da vivência. O mais profundo das experiências é que resguarda nossos tesouros, a fim de garantir tudo o que é indefinível ao coração. O que habita em nós é uma vontade que vai além da magnitude dos universos. Porque o universo é apenas um reflexo pequeno do que existe no interior de nós. Nascemos com uma dimensão incapaz de se medir. Somos pequenos por fora, mas por dentro temos o tamanho de nossas vontades e desejos.

Os sonhos nos tornam imensos. A força em querer é o que diferencia, é o que nos destoa. O sonhar e o buscar nos concede o ímpeto preciso para nos tornar seres humanos de verdade. Porque são os elementos externos que preenchem o vazio da alma. E cada um tem uma necessidade equivalente ao tamanho do seu universo. O necessário a cada um não é puramente felicidade, mas tudo que juntos proporcionam o regozijo de um sorriso em nós.

A vida oferece a cada momento, ingredientes necessários para que possamos descobrir a tão sonhada completude, esta sensação de leveza que nos deixa plenamente felizes. Depende de nós absorvermos o que de fato é imprescindível. O necessário é o que faz a nossa existência humana fazer algum sentido. E viver nos concentra na busca incessante pelos mais variados motivos, elementos que refletem bem a personalidade e a vontade presente dentro de cada um de nós. As escolhas são essenciais para nos arremeter ao destino certo, ou mesmo afetar a distância e o tempo preciso a se alcançar a completa felicidade.

Contudo, entre tantos passos e riscos, entre tantos caminhos, descaminhos, tropeços e desvios, momentos, tristezas e alegrias, apenas um elemento é capaz de nos orientar a encontrar o que falta para preencher os recantos da alma e, nos findar no tão sonhado destino. O imprescindível a todos, comumente, é amor, puramente amor. Só quem o tem no peito consegue avistar no horizonte os demais ingredientes para completar a alma. Um elemento que nos leva a todos os outros. Indubitavelmente.





Aspas do Autor: O primordial é o amor. Ele por si só nos completa. Mas seguramente, tendo-o, conseguimos encontrar muito mais elementos intrínsecos e capazes de nos levar à felicidade. Meu carinho à todos.

16 comentários:

  1. E se o coração é o tradutor universal para os sentimentos que se perpetuam, tenha certeza de que as suas palavras são também universais para quem as sente pulsar como eu sinto ao ler os seus textos.
    É grande a alegria que eu sinto por estar aqui, reafirmando e e registrando através deste comentário que o quão lindo é a vivacidade da sua escrita e leveza da mesma.
    Saiba que os elos feitos aqui, neste seu cantinho do horizonte, me proporcionaram bons momentos, inspirando a minha tarde.

    Grande beijo, de quem nunca se esqueceu desse espaço.

    ResponderExcluir
  2. Me identifiquei tanto com esse texto.
    Parece que tu escreveu o meu interior nele mesmo sem saber :)
    Parabéns,mais uma vez traduzindo o meu eu,meu ser.
    Lindo poeta.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Realmente são os sonhos que nos tornam imensos. Não sei como tem gente que diz que não sonha. Pra mim, é impossível. Uma das frases que guiam a minha vida, e infelizmente não sei o autor, é aquela que diz: "Sobre sonhos, antes a angústia de não os ver realizados que o enorme vazio de não tê-los."
    Beijos, Alexandre! Belíssimo e verdadeiro texto!

    ResponderExcluir
  4. Olá Alexandre,
    Acho que nossos textos se completaram..por isso que é recíproco... Eu também te adoro viu??

    Um ser livre é aquele que reconhece, alimenta, usa e expressa seu potencial. São pessoas despertas, que resolveram parar de culpar, reclamar e dar desculpas. São pessoas que assumiram totalmente sua responsabilidade e tem uma atitude de gratidão a cada passo. São descontraídos mas não se acomodam em zonas de conforto ou preguiça. Além de serem pacíficos e de possuírem força espiritual, pessoas livres vão além das crenças que limitam seu potencial para crescer e brilhar.”
    Você é um deles!!

    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  5. Muito lindo,ALE. E verdadeiro,sem duvida.
    O AMOR é TUDO!
    Abração!

    ResponderExcluir
  6. Amado uma linda e abençoada semana
    não posso hoje digitar tudo que sinto
    mais posso te afirmar que minha amizade será para a eternidade.
    Uma de infinita paz semana beijos no coração,Evanir.

    ResponderExcluir
  7. Oi,ALF!O amor é o sentimento mais nobre que existe,mas ele anda tão extinto não é a toa que o mundo está do jeito uqe está,mas precisamos crer em dias melhores.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  8. pede pro seu amigo me add no orkut
    [rindo muito aqui]

    depois c exclui este comentario.
    Não quero que ele pense que sou invasiva.
    kkkkkkkkkkkkkk

    te deixei beijo là.

    ResponderExcluir
  9. Realmente a vida é feita de tropeços,
    de riscos, mas também é repleta de coisas boas, de sonhos.

    Belo texto.

    ResponderExcluir
  10. Amor realmente preenche qualquer vazio. É por isso que a gente vive. Para preencher vazios impreenchíveis.
    Lindo texto!

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Todo motivo desencadeia um outro, disso nunca duvidei. Bom mesmo é viver sem medo, com amor, querendo e podendo tudo que lhe convém. Regras, pra quê te quero?

    ResponderExcluir
  12. Alexandre,

    Concordo plenamente, somente o amor preenche as lacunas que parecem perdidas em nossa vida e preenche nossos sonhos como um todo. Como sempre texto belíssimo.

    Muito obrigada pelas lindas palavras de felicitações que deixaste pra mim no blog, afirmo que encheu meu coração de alegria.
    Você é um querido que mora no meu coração.

    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Olá meu caro ALF!O amor é essencial e creio que a tarefa mais difícil, para mim pelo menos é amar a si mesmo, é amar, se aceitar com suas qualidades e defeitos.Para então si poder aceitar o outro e amá-lo.
    Um ótimo final de semana!
    Beijossss

    ResponderExcluir
  14. Tô passando rapidinho agora, só pra te mandar um beijo! Boa semana, querido. Depois eu volto aqui... Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Nossa Alê,
    li, reli e gravei esse texto. Acho pra poder assimilar todas as coisas do que tentou nos dizer.
    O final foi imbatível, trata-se de tudo mas menos do mais importante, que é o amor. O único que nos alimenta a alma e o coracao, sempre!
    Um abraco forte de cá!

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!