16 de julho de 2011

Arte-final




Matizes de sonhos
Pintadas com encanto
Traçadas com o amor
Pleno do teu recanto

Aquarela de sentir
Pingos de ternura
A pincelar os desejos
Numa linda doçura

Cores que exalam
A magnitude dos afetos
Colisão de texturas
Dos teus anseios secretos

Uma tela branca
Que preenches com vida
Colore com as mãos
A tua alma querida

Versos que esboçam amor
Poética essencial
Delineios que visam ilustrar
Teu coração: arte-final.

-
Um presente para a queridíssima Thalita. Uma moça muito doce e encantadora.


Aspas do Autor: Um poeminha amoroso, em homenagem a uma pessoa muita querida, que nas letras, ilustra bem as cores do seu lindo coração. Ela além de escrever muito, desenha excelentemente, e por isso no poema eu lhe presenteio com essa relação entre escrever e desenhar. Bem, deixo aqui o meu imenso afeto à ela.

14 comentários:

  1. Olá,Alf!Que lindo,belissima homenagem!
    Uma ótima semana!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Que lindo isso! Apaixonante!
    Parabéns ! *--*

    Não some não .. rsrs
    http://apoetaesuasletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Um sussurrar de amor.

    Lindo demais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá amigo, tem selinhos para vc no meu blog, beijos.

    ResponderExcluir
  5. O poema é lindo e eu estou com ciúmes. #prontofalei.

    ResponderExcluir
  6. Que romantismo! Que homenagem, meu caro!
    É um presente pequeno, mas com grande significado.
    Uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  7. Achei mais lindo depois que li que era uma homenagem
    Mas fiquei com ciume humpft

    kkkkkkkkkkkkk
    brincadeirinha amore!

    Queria saber fazer um comentario lindão que te fizesse se acabar de chorar, que nem vc fez comigo, mas não consigo. Então vou só deixar registrado o carinho IMENSO que eu tenho por ti =)

    Beijos no coração, amigo querido ♥

    ResponderExcluir
  8. Ah, que lindo, Alê! Quisera eu ter sido a fonte de inspiracao de um poeta :)

    ResponderExcluir
  9. Olá meu anjo, como vai?

    'pingos de ternura a pincelar desejor'

    é tão leve, tão perfeito!
    Vim aqui, especialmente pra dizer 'oi, saudade', rs... e tbm 'me desculpe'. Andei com problemas no pc, e mudanças de serviço, de moradia e tudo mais, meu tempo ficou pequenino e complicado. Mas, teu comentário de deu saudade e vim dizer =)

    saudade então, volto já!

    Beijo enorme!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Você rima muito bem, considero isso um belo dom. O tema da poesia é simplesmnte lindo... Arte x vida x amor: três coisas que no fundo significam quase a mesma coisa!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Me sinto tão lisonjeada ao ser tua inspiração neste belo poema.Tu escreveras com sinceridade,delicadeza,como se nós nos conhecessemos há um bom tempo.
    É tão bom passar no teu blog!Tem semrpe coisa boa!
    Fico sem palavras para lhe agradecer esse imenso presente.De coração para coração!

    Tive essa grande oportunidade de ganhar um belo poema teu,muitas das leitoras gostariam também,hahahahaha,eu tive essa chance,e é uma sensação tão boa saber que sou o motivo de uma inspiração ou um sorriso teu :)
    beijos doces,
    T.S.

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!