28 de agosto de 2010

Esqueça... E lembre-se!




Esqueça! Esqueça o ritmo, o horário, as particularidades, os medos e sonhos. Deixe de lado a casca que te prende nesse mundo. Não interfira no ar que perpetua dignamente ao redor. Extraia sua alma desse ambiente que te suga, desse chão que te sustenta e do céu que te abraça com a cálida ternura do universo. Esqueça que existe!

Lembre-se! Lembre-se da pele, cheiro, do calor que os dedos vão conduzindo e as carícias tão intensas no modo de tocar. Lembre-se da plenitude daquele silêncio, da aceleração do coração e das fagulhas mornas que surgem do atrito de dois corpos. Lembre-se de ficar perdido na imensidão do universo e de encontrar a euforia no abraço cálido da paixão. Lembre-se da emoção cativa!

Esqueça! Esqueça que você é ser humano, que precisa respirar e ainda viver. Esqueça-se das responsabilidades, obrigações ou qualquer outro compromisso. Esqueça os sinais e busque seguir esse atalho florido para a paz amorosa. Esqueça-se dos roteiros, o básico, e tudo o que é previamente orquestrado. Esqueça planejamentos. Esqueça o sangue e perpetue o suor. Esqueça os limites!

Lembre-se! Lembre-se que não há limites! Lembre-se da candura e da melodia envolvente que ecoa sob a experiência de sentir. Lembre-se da infinita sedução perene que alicerça tua alma; da doçura, do sereno sentimento que se evoca pelos poros. Lembre-se sempre da meiguice presente e da luz singela que estribilha a todo o momento. Lembre-se de dar vazão ao que tu sentes, e exploda em milimétricos retalhos de amor. Lembre-se que é especial; que é único e singular!

Esqueça! Esqueça-se do tempo, da chuva, do vento e do frio pulsante. Esqueça que o mundo existe! Esqueça a força dominadora da gravidade, a preciosa magia que te derrama vida. Esqueça as manias, os problemas e todos os obstáculos presentes. Caminhe bravamente pelo ar, abrace o invisível dessa comoção e se encante com essa silenciosa canção. Arrisque as fichas e renuncie a tudo na sua vida. Deixe de ser! Esqueça o próprio ser!

Lembre-se! Lembre-se da profundidade daqueles olhos, da maciez dos cabelos, e da fragrante e delicada pele. Lembre-se do caminho para distribuir afagos, da calorosa sensação de se entregar por completo. Lembre-se do beijo acalentado e daquele abraço compartilhado; da troca de olhares e da alegria cativa no sorriso; da essência e todo o perfil belo existente na alma amada; da magia terna do sentimento real e da sensação compartilhada. Lembre-se!

Esqueça-se de tudo!

Mas lembre-se de amar!

 
 
 
 
Aspas do Autor: Fazia um tempo em que não falava de amor. Quer dizer, eu sempre falo de amor. Meus textos respiram esse sentimento. E fica bastante implícito na maneira suave e sensível de eu deslocar meus pensamentos para cá. Só que escrever mais especificamente desse amor compartilhado, do amor paixão, ou mesmo do amor pleno em viver experiências compartilhadas, não. Então, senti essa falta e escrevi algo assim, prazeroso, apaixonado, algo intrínseco na doce vivência de amar alguém. Espero que gostem. Quando leio agora, até esqueço junto... Mas sempre lembro de amar, do amor (suspiro). Meu afeto à todos.

21 comentários:

  1. Lembrar-me-ei sempre desse Alexandre doce... que salva a classe rsrs

    Adoro-te!
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Lindo e belo texto.

    Quando nos amamos temos a capacidade de amar ou outros.Vir aqui no seu blog é sempre um aprendizado.
    Deixo pra voce um poema:

    Os poemas são pássaros que chegam
    não se sabe de onde e pousam
    no livro que lês.
    Quando fechas o livro, eles alçam vôo como de um alçapão.
    Eles não têm pouso nem porto;
    alimentam-se um instante em cada
    par de mãos e partem.
    E olhas, então, essas tuas mãos vazias, no maravilhado espanto de saberes que o alimento deles já estava em ti...

    Mario Quintana - Esconderijos do Tempo

    Beijos no teu ♥

    ResponderExcluir
  3. Nossa, Alf!Que texto lindo eu preciso aprender a viver mais a intensidade dos momentos e esquecer do resto,mas a minha mente insiste em delirar, em ir e volta.
    "Esqueça-se de tudo!
    Mas lembre-se de amar!
    Lindo, essas frases ficaram ecoando na minha mente...
    Um ótimo começo de semana!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. O la Ale!
    lindo texto
    "Para amar basta apenas um olhar..ESQUECER NAO SEI.
    obrigada pelo comentario
    sabe Ale tenho uma frase que uma PESSOA falou comigo e que nunca mais esqueci O NOSSO PENSAMENTOS LEVA AO NOSSO COMPORTAMENTO .SE LEVANTARMOS DE DECLARAR QUE TUDO VAI DAR CERTO E QUE SOMOS CAPAZES ,MESMO QUE A SITUAÇAO POSSA DIZER AO CONTRARIO DEVEMOS CRER UM DIA VAI ACONTECER ABRAÇO

    ResponderExcluir
  5. Querido Alê,

    E o amor é feito disso mesmo: desse lembrar e esquecer constantes! De pontos finais e recomeços! Feliz de quem sabe reconhecer isso e vivê-lo de maneira leve, tal qual a vida deve ser vivida!

    Um beijo grande!
    (E obrigada pelo carinho de sempre!)

    ResponderExcluir
  6. Que profundo Ale! Nossa, que perfeito! *-*
    Amor, amor...

    ResponderExcluir
  7. Alê, Alê...
    Fico em silêncio e apreciando esse amor que você deixou.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  8. Esse ficou maravilhoso, Alexandre
    Fui me deslocando entre esquecimentos e lembranças durante a leitura que me prendeu até o final, para eu me deparar com aquela frase que fechou com chave de ouro tudo isso aqui.

    O amor é um sentimento que pode e deve ser explorado de diversas maneiras, mas costumo dizer que mesmo que se use todas as palavras para falar de amor, nem assim tudo seria dito.
    Então a gente só tem que esquecer de falar e lembrar de sentir, afinal o amor está aí para ser vivido e não apenas preso entre linhas.

    E obrigado pela suas palavras, sempre atenciosas nos comentários, você disse muito do que eu precisava ouvir.

    Grande abraço e uma ótima semana pra ti.

    ResponderExcluir
  9. HOLA Q TAL, ME HA ENCANTADO ESTE POST TAN GENIAL Y POR SUPUESTO TU BLOG EN GENERAL!!! TE INVITO A QUE PUEDAS VENIR A MI OSCURO, NOSTÁLGICO, DEPRESIVO BLOG DE INVIERNO PARA QUE ME DES TUS MÁS SINCERAS IMPRESIONES DE VERDAD!!! TE SEGUIRÉ

    www.juancarlosmcdonald.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Puxa Alexandre querido,
    Esse texto é de uma rara beleza, parei ao ler para contemplá-lo.

    Esqueça-se de tudo!

    Mas lembre-se de amar!

    Perfeito!!!

    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Acho que deveria existir uma Escola de Esquecer. Ás vezes é tão difícil... Pensar que a vida está aí, basta se livrar das correntes e correr pelos campos floridos dá mais recentimento dessa mania de lembrar do que não devia :)

    ResponderExcluir
  12. Lindo, lindo, lindo...

    Bjinhus intensamente doce ;*

    ResponderExcluir
  13. Olá, meu caro ALF!Obrigada pelo carinho e pela sua amizade!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  14. Acho que não tem como se esquecer de amar. Porque até quando estamos respirando, é amor.
    Amor está em todo lugar, em cada pedaço do espaço e não tem como fugir, mesmo que a gente insista em correr dele.

    Lindo o texto, como sempre.
    Adoro quando seus textos são assim, cheio de amor.

    Enfim, Adoro seus comentários!
    Espero que você nunca enjoe mesmo de me ler, ficaria triste sem suas visitas.

    Beijinhos e te adoro!

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    adorei seu blog.. te add
    visite o meu também.. começei meu blog tem pouco tempo.
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Eu nunca me eskeço
    Lembro sempreee
    Assim como lembro de ti!
    Tão profundo e tocante
    Com suavidade e intensidade
    Já tava com saudades de sentir isso.
    Bjo enorme pra ti
    =D

    ResponderExcluir
  17. Tm hrs q é preciso lembrar só do amor mesmo e nada mais.
    lembrar dos sonhos tb, de tudo o q nos faz voar.
    :*

    ResponderExcluir
  18. Texto lindo! intenso, muito bem escrito e com arremate perfeito, o amor. Adorei

    Beijo meu

    ResponderExcluir
  19. Estava quase me esquecendo de dar uma passada aqui. Mas lembrei-me e deparei com um texto lindo na porta.
    Que a gente esqueça todos os sentidos e que sejamos guiados apenas pelo amor.

    Beijos *-*
    Boa sexta!

    ResponderExcluir
  20. Passando pra te desejar um belo feriado!

    Vou ficar ausente uns dias do blog, vou esquecer tudo e viver o amor intensamente.
    Na volta estarei aqui.

    Bjos

    ResponderExcluir
  21. Tô seguiiindo depois desse texto!!!
    Não que eu não tenha gostado dos outros... Tanto pq ainda não os li.

    E sim pq esse... foi LINDOO!!!
    Quanto amor... Algo além do mundo!
    Nem sei o que comentar... Cheguei ao final, sem palavras praticamente!

    Parabéns pela sensibilidade! ;)
    Beijos

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!