24 de julho de 2010

Não preciso provar




Eu não tenho que medir esforços em provar nada a ninguém. Não preciso provar a minha força, nem se sou capaz de suportar. Não preciso mostrar o quanto o meu amor é incomensurável, nem o quanto é infindável. Não! Absolutamente não preciso provar que não tenho medo, e que posso superar obstáculos e determinados caminhos. Não tenho que provar que só pareço bobo e inocente, mas que dentro de mim, sou alguém com a cabeça centrada, consciente de muita coisa da vida.

Não preciso mostrar que sei; que no fundo compreendo, e que na verdade sou alguém com um amadurecimento razoável o suficiente para demonstrar que sei buscar e reconhecer o que é necessário para o meu crescimento como ser humano. Não preciso provar que eu conheço o que é essencial, que viver pouco não significa necessariamente não saber fazer escolhas ou não gostar de coisas reais. Não preciso provar que sei o que quero ou o que sinto.

Não preciso provar a sinceridade do meu coração; e que ele apenas pulsa pelo o que realmente o atrai. Não preciso. Não preciso provar o quanto me subestimam, o quanto se enganam comigo, apesar de ainda, concordarem que eu sou alguém de boa índole, doce, sincero e admirável. Não preciso mostrar o verdadeiro tesouro oculto na minha alma. Ele está acessível apenas a quem não desiste de persistir no meu coração.

Não preciso usar de desculpas, nem medir palavras para dizer o que penso. Não preciso provar que posso ser franco, usar de clareza para compartilhar o que sinto de verdade. Sou transparente o suficiente para que isso fique evidente. A cada dia que passa, vou adquirindo a certeza de que provar o que sou para as pessoas não é importante. E que elas por si só precisam me descobrir.

Eu preciso provar é para mim mesmo, na força do meu sentimento e na capacidade do meu ser de entender, compreender e amar. Eu preciso provar apenas a mim mesmo, de que não posso desistir, de que tenho forças para aguentar a pressão que é viver, que é lutar e persistir. Preciso urgentemente e necessariamente provar para mim, que a minha alma tem grandeza, e que está prontificada a suportar as melhores e piores experiências da vida. Eu preciso provar que sou capaz de admitir meus erros, minhas falhas e minhas fraquezas.

Eu preciso provar pra mim mesmo, que as minhas virtudes realmente fazem diferença pra mim, e que a pessoa que eu sou é fruto de tudo o que de fato acredito e escolho pra mim, como elementos importantes na minha filosofia de vida. Eu preciso provar para mim mesmo que meu amor é sincero, que ele ultrapassa todas as barreiras, e que está acima de qualquer coisa que eu tenho e vivo na vida. Preciso provar para mim, que a minha alma tem a tenacidade indispensável para perscrutar as particularidades mais belas da vida, e de que consigo absorver os ensinamentos com tudo o que observo e experimento.

Eu não preciso provar nada a ninguém. Não preciso provar o quanto sou obstinado em buscar a minha felicidade, e o quanto vivo focado nos meus sonhos. Preciso apenas provar para mim mesmo, que sou um ser humano de valor, que faz a diferença para as pessoas; e com a perspicácia necessária para crescer com sabedoria e serenidade, elementos tão essenciais para a alma.

Não preciso provar pra ninguém a grandeza da minha alma. Preciso provar apenas pra mim, que a minha humildade, simplicidade, respeito e o meu amor para com a vida e as pessoas é que me tornam grande. Não é o que os outros avaliam ou acham, mas sim o que penso e acredito em mim que realmente conta e se torna importante.






Aspas do Autor: Escrevi isso porque preciso acreditar mais em mim. Acreditar que posso, que sou capaz, que tenho força suficiente para poder respeitar o que sou, o que necessito e o que tanto anseio. Isso tudo parte de mim. Só eu posso ter confiança plena em mim, e na minha capacidade de almejar e conquistar sonhos, crescer e me tornar um ser humano melhor. Não preciso provar nada a ninguém, se não a mim mesmo que eu tenho esse poder de encontrar a minha felicidade. Meu afeto à todos que docemente me visitam. Até mais.

23 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Own Alê, você pode sim. Pode até mais do que você acredita e tem a acreditar.
    Você é muito amor e é doce com as palavras que nos traz sempre até aqui.

    Fica bem, viu?

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  3. Nossa que lindo.... fico até sem palavras em fazer um coemntario aqui... vc disse tudo que eu queria tb dizer ...essa prova de si mesmo...para com os outros nossa issoé a vida....

    olha suas palavras elevam a minha alma... muito obrigada por escrever isso aqui..um xerooo

    ResponderExcluir
  4. Eu fico fascinado com sua escrita....muito bom. Bravo!

    abraços

    de luz e paz


    Hugo

    ResponderExcluir
  5. ei Alexandre!

    muito bacana esse texto!
    eu concordo com vc quando diz que não precisa provas nada pra ninguém, além de você mesmo. a gente sempre deve ouvir conselhos de amigos e pessoas que nos querem bem. mas temos que saber como interpretar isso para fazer a diferença na nossa vida. não é egoísmo. é amor-próprio.

    acredite em você e siga ao encontro da sua felicidade! boa sorte, sempre!

    um beijo. :)

    ResponderExcluir
  6. Oie, lendo alguns blogs acabei encontrando o seu e quando eu li o seu texto eu amei, nossa me identifiquei muuuuito, tirou as palavras da minha boca, é como se eu precisa-se ouvir isso. Você escreve brilhantemente parabéns!!

    ResponderExcluir
  7. "Quantas chances desperdicei
    Quando o que eu mais queria
    Era provar pra todo o mundo
    Que eu não precisava
    Provar nada pra ninguém"

    Gostei bastante do seu texto, como sempre. Muito incentivador. Perdemos tempo tentando provar quem somos, como somos. Se acham que somos pequenos ou grandes é porque nós nos sentimos assim. Nossas atitudes são as verdadeiras provas do que somos.
    Beijos, boa semana *-*

    ResponderExcluir
  8. Lindo Alê!
    Como disse a colega acima, fico super sem jeito de comentar aqui, pois você escreve de uma maneira muito muito muito linda ^^

    Vou contentar-me em ler tudinho e deixar-te um abraço!

    ^^

    ResponderExcluir
  9. Oi meu querido amigo!
    Ler este post antes de dormir, me faz pensar, quantas poucas pessoas como voce existem nessa vida.
    Pessoas tao transparentes, tao honestas consigo mesmas.
    Mas eh claro que voce nao precisa provar nada para ninguem..para ninguem mesmo o que voce eh, o que sente, o que pensa.
    Porque aquelas verdadeiras pessoas que gostam de nos, que conhecem nossa alma, elas ja enxergam esse "todo".
    Essas pessoas conseguem tocar o mais fundo do nosso coracao.
    Nao eh preciso explicar. A explicacao esta no olhar. No sorriso. Nos gestos, no proprio existir.

    Te gosto muito menino!
    Nao, nao apenas te gosto. Te adoro muito!
    Voce eh muito especial.

    Um beijo carinhoso
    MARY

    ResponderExcluir
  10. ALê!!

    que lindo, adoro tua escrita!!

    Um beijo e boa semana!!!

    ResponderExcluir
  11. É verdade, não temos que provar para ninguém que somos uma montanha de virtudes por dentro, temos é que provar isso para nós mesmos através da diferença que fazemos na vida do nosso próximo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Como sempre,inspirado e trazendo belas mensagens..Lindo,velho!
    Meus parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. o sentimento é a maior prova de todas. não dá pra planejar, ele apenas é.

    sentir é além.

    beijos.

    ResponderExcluir
  14. Não preciso provar pra ninguém a grandeza da minha alma... Concordo!

    Alexandre, cada vez que venho aqui fico encantada com as verdades que você escreve. Só posso dizer, parabéns pelo talento. Deus abençoe cada vez mais este dom.

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Ah, até parece que foi uma indireta pra mim, hehe.
    Mas, Alê, meu querido... Você é bem mais, você é luz, você é amor. Cê sabe disso tudo, não sabe?
    Esses exercícios de auto-estima são ótimos, a gente sempre precisa de mais confiança.
    Você pode tudo que quiser, meu bem.
    De fato, você não precisa provar nada, todos nós já conhecemos a sua força e capacidade.

    Beijos!

    ps: no meu último post usei uma frase sua que vi em seu twitter, que por sinal, é maravilhoso!
    lhe dei seus devidos créditos, ok?
    Adoro-te!

    ResponderExcluir
  16. Realmente, os nossos 'bens' não precisamos mostra-los a ninguém!

    ResponderExcluir
  17. Sexta-feira, e quem está aqui, quem, quem?
    Não te esqueci não... apesar da recíproca não ser verdadeira =[

    Então, vamos lá!
    Vc realmente não precisa provar nada pra ninguém, pq se a pessoa te conhecer só um pouquinho, vai sabe que vc é maior que qualquer rotulo ou estereótipo. Que seria como a música dos Los hermanos" Numa moldura clara e simples sou aquilo que se vê"

    E vc não precisa provar nada pra ninguém mesmo. Isso sai naturalmente quando te conhecemos. Vemos que seu amor é incomensurável, que vc é moço forte, inteligente, um dos meus escritores favoritos do nosso mundinho blogueiro, é engraçado, é batalhador, é doce, sincero e de boa indole sim.... vou parar porque vc tb é muito modesto (rsrs) e pode ficar envergonhado com tantos elogios!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Adoro-te( apesar de vc ter me esquecido)

    =]

    espero o de amanhã

    ResponderExcluir
  18. Enquanto lia seu texto fui tomada de uma reflexão: Não precisamos provar nada, mas às vezes (quase sempre) queremos provar mesmo que não percebamos isso.
    Cara, vc escreve mto bem. Tanto que dá até vergonha de como eu escrevo, rs.

    ResponderExcluir
  19. Olá, sou novo por aqui, mais adorei.
    Preciso acreditar mais em mim, isso é fato.
    Parabéns pelo o seu Trabalho.
    Eu escrevo poesias e caso queira ler umas das minhas postagens e se deliciar no meu trabalho, fique a vontade.
    http://jewpoesias.blogspot.com/

    Abraços

    ResponderExcluir
  20. Olá, Alexandre!
    Obrigada por entrar em contato, estou dando os dévidos créditos ao texto postado em meu blog, pois até então eu d.a ( desconhecia autoria)
    um gde abraço
    Cler

    ResponderExcluir
  21. Olá
    tentei repostar o texto na forma original como está em sua página, mas seu blog não permite cópias, sendo assim só me restou a alternativa de excluir o post, ok? Já excluído...mais uma vez obrigada pelo contato, e perdoe-me pois mesmo sem intenção acabei causando-lhe aborrecimentos.
    um gde abraço
    Cler

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!