29 de maio de 2010

Seguindo sem medo




“Sem lenço, sem documento
Nada no bolso ou nas mãos
Eu quero seguir vivendo, amor
Eu vou...”
(Alegria, Alegria. Caetano Veloso)


Creio que devo explorar mais o ambiente que me cerca. Inteirar-me mais da essência que transborda no espaço ao redor e de todos os elementos que coexistem comigo. Meu intento é encontrar um limiar que me faça estabelecer um limite que prepondere um elo maior entre eu e a vida. Caminho todo dia em busca de um objetivo claro. A meta é alcançar sensações confortantes, que planem na minha alma e me façam crescer. A meta é continuar seguindo sem medo, sem receio do que possa aparecer na minha frente. Não posso fraquejar diante de um obstáculo, ou mesmo de um pequeno desvio na rota.

Tenho ciência de que o caminho que me leva a uma zona de conforto não tem que ser, necessariamente, difícil, mas precisa ser árduo e exigir meu controle, meu equilíbrio e muito foco, muita perseverança e força de espírito. Minha determinação tem sido uma base para eu sustentar muito do que acredito e sigo. Muito do que me alimenta e faz ser o que sou vem de muito tempo. Porque aprendi a regar meu jardim desde muito cedo. E isso tem me levado a construir boas amizades e boas relações; uma vida direita, centrada e bem estabelecida; uma mente aberta e compreensiva.

O resultado que espero é desenvolver a minha maneira de ver, de enxergar o que me rodeia, o que me alimenta e me impulsiona. Foco isso todo dia. É uma disciplina que tenho seguido e tem feito muita progressão em mim. Porque busco, com o meu coração, despertar sentimentos bons e bonitos, que me façam ficar mais alegre e, de uma maneira particular, cative as pessoas; seja pela singularidade, espontaneidade ou sinceridade do sentir. O que busco alcançar são valores humanos mais sólidos, que me tornem alguém digno, idôneo e valoroso. Esse caminho que sigo, sem medo, é o que dá paz à minha alma, à minha condição de ser humano. É o que me sustenta.

Tenho meus problemas, meus defeitos e meus pormenores. E isso me faz sentir mais humano e mais frágil, fazendo-me perceber que sempre haverá motivo para continuar buscando mais paz, mais felicidade e mais comunhão com a vida, a natureza e as pessoas ao redor de mim. Não busco perfeição. Quero apenas ser uma pessoa melhor da que fui ontem, coletando os aprendizados necessários e praticando a filosofia que existe na minha caminhada. Porque o que sigo é o que qualquer um segue: equilíbrio, paz e felicidade. Alcançamos isso seguindo o que nos faz feliz, o que se faz presente nos nossos sonhos, com respeito, dignidade, ética e uma relativa liberdade.

Não sou diferente de muitos, mas sei que aprendi a dominar um estilo próprio, um estilo que me caracterize, que me identifique. Domino um estilo de vida que me segue de mãos dadas desde muito tempo, mas que só agora posso compreender com mais profundidade e ênfase. Devo muito ao que acredito, à vida que construí para mim e principalmente às pessoas que eu amo, estimo e admiro. Entre amigos e familiares, tenho pessoas que, juntas, fazem uma ponte pra mim. É um incentivo extra, da qual faz muita diferença na hora de realmente aprender e vivenciar. Não sigo, nem cresço sozinho. Dependo muito de mim, mas também me fortaleço nas pessoas; no que existe comigo; na beleza que atrai; na natureza que me abraça; no Deus que me orienta. É assim!

Busco ser mais do que sou hoje, e mais do que fui ontem. O objetivo em criar um elo maior com a vida e as pessoas é o que me dá mais satisfação e contentamento. O que também fortifica meus princípios e minhas ideias. Porque manter alguns valores em dia é bem difícil. Com o mundo que está hoje, manter certos pensamentos e sentimentos firmes é uma tarefa árdua, e que às vezes surge como um obstáculo que pode enfraquecer. Por isso a cada dia dou muito valor no que penso, sigo, vivo e, na forma como trato as pessoas, a vida e principalmente a mim mesmo.

Eu estarei sempre seguindo em frente, sem medo ou receio. Mas com muita fé e esperança.

 
 
 
 
Aspas do Autor: Sigo princípios cristalizados, mas não imutáveis.  Faço minhas próprias escolhas, tento julgar o que é bom ou errado pra mim, ponderar as atitudes com sabedoria, e viver da melhor forma possível. Estou em constante evolução. Adotei um estilo de vida que é árduo, por exigir muita força de vontade para manter pensamentos e atitudes, mas é o que me dá força, satisfação e alegria. Não só pra mim, mas para os amigos e familiares, e à todos que me conhece. Sempre dei valor a minha personalidade. E dou muito valor à todos e tudo o que me cerca. É um aprendizado que vai até o fim dos meus dias. Sempre! Meu afeto carinho à todos que vêm aqui. Até mais.

21 comentários:

  1. Olá,ALF!Td bem?Ser a gente mesmo as vezes dá tanto trabalho gera tanta incompreensão, as pessoas acham que conhecem a gente e nos julgam,mas elas não fazem ideia do que somos, nem pelo que já passamos para chegarmos aqui.Com certeza ser uma pessoa de caráter e inteligente coo vc é dá trabalho num mundo que só valoriza coisas superficiais.
    Um ótimo domingo!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Às vezes parece tão mais fácil ser mais um ou simplesmente fazer o que esperam de nós... Só que para alguns isso nem é questão de escolha, é como se aquele estilo de vida os escolhesse. Por vezes eu me vejo em caminhos árdos, penso se será diferente algum dia. Pelo sim ou pelo não, sigo.

    Sempre vejo o que escreve no twitter, mesmo estando distante desse mundo... Estou tentando voltar porque me faz muita falta!

    :) Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto desse blog porque suas palavras me fazem sempre refletir sobre mim mesma e sobre o que eu devo ou não fazer, o que eu procuro ser. Obrigada por estar presente no Patéticamente Incorreta :D
    Sabe, eu amei seu texto demais, como todos os outros, como tudo o que você escreve.

    ResponderExcluir
  4. Ei,munito do meu coração!!!!
    Como pode ser lindo assim?Será que aqui no DF tem um desse modelo?rsrsrs
    Amore,vamos brincar?Recebi um meme bem legal e quero compartilhar com você.Vai lá em casa e dá uma olhadinha.
    Bjk

    ResponderExcluir
  5. Alexandre meu anjo docee...
    Qta ternura, hein...
    Boa semana pra vc...
    Bjos
    =)

    ResponderExcluir
  6. Se a cada dia, como você, cada um de nós tentasse ser alguém melhor que no dia anterior, o mundo já seria um lugar muito mais mágico e maravilhoso.
    Mas eu não tomo um caminho que me leve a uma zona de conforto. É chato... A vida precisa de um pouquinho de caos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Admiro por teres uma opinião formada de que pode partir mudança através de você.
    somos completamente mutáveis e devemos valorizar mais isso!


    um beijo querido.

    ResponderExcluir
  8. Ahahaha, nem esquenta. É que, pelo que eu entendi agora, nós temos definições diferentes do que é zona de conforto. Eu sempre entendi a expressão daquele ponto de vista mais ligado a comportamento organizacional. Segundo essa definição, é uma situação agradável, porém em que o nível de desafio é muito baixo.
    Ah, e não se preocupe, eu decididamente não me ofendo com opiniões divergentes, adoro ouví-las. Acho que o debate nos torna mais inteligentes, de certa forma. Então não precisa ser tão cuidadoso comigo. XD (embora essa característica de delicadeza e sensibilidade seja uma coisa que eu admire muito e gostaria de ter um pouco mais, eu sou meio "estabanada" em minhas colocações às vezes).
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Olá, adoreeeeeeei seu blog!
    Estou de visita, voltarei mais vezes com calma...

    Seguindo :D
    Beijos, boa semana ♥

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Adorei seu blog, o texto é muito bom, é uma boa reflexão sobre oq se deve ou não saber... voltarei pra degustar mais seus texto.

    Abraços,

    Até breve,

    ResponderExcluir
  11. EH QUE EU N ACREDITO EM MUITA COISA, SÓ NÃ DUVIDO DA FÉ!

    ResponderExcluir
  12. Já começou bem, com Caetano Veloso, que eu amo tanto!
    Também estou tentando seguir meu caminho, uma direção que me pareça certa, não procuro desvios. Vi em um filme, certa vez, uma adolescente dizer que "na vida que eu quero não existem atalhos". Acho que é bem por aí - por isso estou abrindo mão de um monte de sonhos, para determinar outros - o que é dificil - pois estou agindo de acordo com a necessidade.

    Migo, sinto mesmo sua falta. Você está sumido e eu entendo que seja por conta do trabalho. Também estou encarando uma rotina de louca. Um beijo, fique bem.

    ResponderExcluir
  13. Adoro seu modo de se expressar em comentários e em postagens, pois passa ao leitor o que você sente, e muitas vezes eu me identifico com isso!
    Meus parabéns, você é demais!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. excelente seu texto, como todos os outros
    adorei
    parabéns..
    Bjus

    ResponderExcluir
  15. Meu querido Alf!
    Voce eh uma pessoa INTEIRA, maravilhosa, e cheia de sentimento e significados dentro de voce. Admiro-o demais pela sua transparencia, por essa sua procura constante do aprimoramento de sua alma. Que lindo isso meu amigo...que lindo!
    Voce merece uma pessoa SUPER ESPECIAL que possa olhar em seus olhos e ver sua alma... que possa ver toda essa forca que voce tem dentro de voce, essa ternura, voce eh um cara que eu gostaria muito de estar por perto, e ser sua amiga, de ir na sua casa conversar, tomar um cafezinho, e conversarmos sobre essas coisas tao bonitas que voce pensa... Te amo meu amigo! E te admiro. Como pessoa humana maravilhosa que voce eh. Quando venho aqui eu venho com uma sacolinha, pois sempre tem coisa pra levar para casa para pensar...
    TE AMODORO!

    Mary

    ResponderExcluir
  16. Meu amigo,Alexandre!Estava sumido,mas estou de volta!
    Bem, não poderia deixar de postar um comentário sobre seu maravilhoso texto! Como sempre sua forma de se expressar, vê as coisas, falar difícil, é realmente supreendente!Parabéns pelo talento!Continue escrevendo e deixando o seu "eu" transparecer...Obrigado pela visita no meu espaço.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Olha, eu sei muito pouca coisa nesse mundo ( eu nem sei arrumar uma cama em 17 segundo, nem fazer origame) mas, sei que você é batalhador e perseverante, e seja com fé e esperança, pq seu ser é todo isso, fé e esperança, ahhh, amor e hilariedade tb!
    outra coisa que sei, é que vc pode ser qualquer coisa, menos alienado! Vc só precisa de alguém ( informado culturalmente rsrs) que te guie nesse mundo de tantas músicas e belas letras! Obs: Vc sabe onde encontrar fifiu!
    Oh meu querido, princípios tão lindos e imutáveis que fazem de vc realmente algo único, não mais um Alexandre por aí, mas da categoria de Alexandres ( olha, o peso desse nome, eim?)

    Bjos
    Fica com Deus
    Apareça!

    ResponderExcluir
  18. É assim mesmo, Alf! Temos que ser maleáveis na vida. Se notamos que estamos entrando numa gelada, o melhor é seguir outro caminho.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  19. Gosto muito das suas reflexões.....

    ResponderExcluir
  20. Aleeeeee!
    tudo bem ?
    Como eu gosto de vir aquii, você escreve tão bem!
    Obrigada pelo carinho sempree
    beijinhos
    ;*

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!