21 de fevereiro de 2009

Um beijo interior




Esse é pra ti
De alma pra alma
De olhar pra olhar
Com doçura e calma

É meu beijo
Aquele sem tocar
Em mil linguagens
Sinônimos de amar

Um sopro de doçura
No ar, afeto e sentir
No coração, amor
Na alma, esplendor.

É meu beijo
Que ninguém pode ver
Aquele mais doce,
Que no teu coração vai viver.

-

a ti, que amo muito.





Aspas do Autor: Não tenho muito o que falar deste poema. Apenas que escrevi para uma mulher que amo muito. No mais, deixo apenas o silêncio do meu coração...

20 comentários:

  1. Que poema mais lindo,
    mais doce,
    mais sensível...

    Acho que só posso ficar em silêncio contigo...

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Palavras assim ficam dentro da gente igual aos sonhos impossíveis e amores platônicos lá dentro do coração...
    Lindo!

    ResponderExcluir
  3. Alf,meu querido!
    Esse seu poema revela essa sua
    transparencia e pureza que todos
    nos conhecemos.
    Esse amor tao resplandecente, tao
    mudo "entre aspas", e tao cheio de
    verdades.
    Um beijo carinhoso meu querido amigo, que muito amo!
    MARY

    ResponderExcluir
  4. ALF, meu amigo, queria a tua ajuda...
    Queria deixar o meu blog como teu, não sendo permitido selecionar o que escreves. Me ajuda a colocar isso... Tava querendo a um tempão... Aí lembrei que teu blog é assim também...

    E ei... Aparece em...
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. nossa que liindoo mesmoo,
    elee teem q ficaR orgulhosa disso

    bejoos

    ResponderExcluir
  6. é, as maiores demontrações de amor não podem ser vistas, mais sim sentidas.
    amei *-*

    ela tem que ficar orgulhosa disso [2]
    beeijos :*

    ResponderExcluir
  7. é, ninguem pode ver, mas da pra sentir em cada verso o tamanho e a imensidão deste teu amor por ela.

    mais e mais beijos feito estes na tua vida!

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Que este amor continue te acompanhando a cada dia...

    Beijo e mais beijos...

    ResponderExcluir
  9. Tua Amazônia é perfeita, tb tô com vc e não abro, ADORO calor!

    ResponderExcluir
  10. Ainda sem ver, fez música.
    Eu ouvi, daqui.

    Foi doce, Alexandre.
    Poeta.

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  11. Olá!Aodrei sua visita no meu blog.Lindos peomas como sempre, comovente, de uma sensibilidade ímpar.
    Vc tá de parabéns!Lindo poeta!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  12. Caro ALF!

    Um lindo poema construido por um coração totalmente apaixonado! Dá pra sentir essa paixão em cada verso.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. entendo perfeitamente sua ausência ;D

    sucesso e sorte no final dessa jornada!

    beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  14. Creio que poemas não valham nada às mulheres de hoje em dia; poucas são as pessoas sensíveis que as entendam.
    O mundo não é mais dos poetas... pobre mundo.

    ResponderExcluir
  15. "É meu beijo
    Que ninguém pode ver"

    quando eu quase desisto de amar, pq isso dói um bocado não é? Daí encontro pensamentos simples e doces, que me lembram que msm com tanta dor, eu seria incompleta sem viver isto!

    Obrigada por retribuir a visita, vou linkar seu blog nos meus prediletos.. quero poder sempre manter este contato, como aprendizado e calma!


    Beijos, boa semana!

    ResponderExcluir
  16. Este é destes poemas realmente significativos: vão direto ao coração da musa! rs...
    Bonito este amor, querido! Que te traga sempre alegrias!
    Beijocas

    ResponderExcluir
  17. O amor flui aqui em tom maior... em forma, verso e querer.

    Abçs meu caro,






    Novo Dogma:
    maRcas...


    dogMas...
    dos atos, fatos e mitos...

    http://do-gmas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Lindo Poema!
    é bom qnd as palavras saem do coração!
    Bjus

    Sorte desta mulher!
    rsrsrs
    Bjus

    ResponderExcluir
  19. IRM]AO, QUERIDO!
    É UMA BELEZA EM LÊ-LO E SENTIR TAMANHA TERNURA POÉTICA EM TUA ESCRITA.

    Grande abraço!!!


    Marcos Seiter

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!