27 de setembro de 2008

Na busca por uma luz


“Não ganha quem não enfrenta. Não encontra quem não arrisca buscar. Ao enfrentarmos nossos piores medos e obstáculos, a luz fica ao nosso alcance.”



No caminho que percorremos, em busca de respostas, topamos com muitos obstáculos. O preço para conseguir encontrar razões e motivos pra viver, ou, até o sentido real de ser nesse mundo, nos leva a vivenciar experiências insólitas, e nos dá plena consciência que existem coisas que não são mensuráveis. Aí então é que reside a questão. E tudo o que nos empurra e nos faz seguir o passo recai por entre nossos braços, fazendo com que abramos os olhos e possamos enxergar um lado obscuro e embaçado. Na busca por uma luz, notamos que certo ritmo pode causar frustrações, tropeços e decepções. Caminhamos no escuro, desbravamos o mais íntimo de nossas almas, com o intuito de encontrar uma finíssima luz nessas trevas, para que a nossa mente possa iluminar um pouco. Nessa incessante caminhada, lentamente vamos observando que se não fizermos esforços, não progrediremos, não avançaremos pelos medos, pelas angústias e aflições.

Vamos acostumando e aprendendo a lidar com a dor, com as dificuldades, com os dissabores de derrotas, com as faces cruéis da realidade. Então nesse ínterim passamos por provas, por vivências que marcam nossa vida, que nos torna humanos, capacitados em aprender, a errar e descobrir nos erros, nas atitudes, as respostas para muitas dúvidas, e para alcançarmos um nível de aprendizado mais condizente com a situação. O que nos alimenta é aquela sede pela felicidade, pela busca por motivos reais pra continuar de pé, pra manter aquele sorriso no rosto, e aquele brilho no olhar. O que nos instiga sempre a perseguir novos rumos é a vontade de crescer, aprender, e descobrir nós mesmos e Deus. O que estimula é a chance de viver do lado de pessoas fora de série, de extremo carinho e simpatia. Que a cumplicidade torna sólido esse viver.

A busca nos faz fortes, conscientes de tudo que nos cerca e nos envolve. Na constante luta que travamos para apurar mais os sentidos, chances são nos oferecidas, portas abertas, rotas a serem escolhidas. Na busca por uma luz precisamos saber escolher que caminhos devemos tomar. A escuridão nos impede de ver o que está pela frente. Não temos como saber qual caminho é o correto, apenas tentar avaliar e tomar uma decisão baseada em instintos, intuições ou simplesmente impulso. Viver é seguir a cegas. Devemos descobrir por si só o que cada caminho nos reserva. Essencialmente descobrimos mais tarde que não importa qual caminho tomamos, mas sim o que vamos aprender e descobrir durante o percurso. É o que o percurso nos proporciona e nos ensina que se torna importante.

Nessa busca percebemos aos poucos que o fim não existe, e que tudo nos faz seguir até um destino sem fim: felicidade.



----------
Aspas do autor: Acho que devemos aprender a encontrar a saída para alguns momentos. A escuridão se faz quando não sabemos exatamente o que a vida nos reserva. Nosso estímulo em buscar, em acreditar, em aprender e evoluir só nos tende a levar à luz, que significa renovação e o início de uma nova fase. Assim deve ser.
Um abração a todos.

18 comentários:

  1. A vida tem o lado bom e o lado ruim.O segredo é tocar pra frente sem muitas indagações senão a gente pira.Essa sua tese me lembra os estóicos gregos.

    ResponderExcluir
  2. O problema é so encontrar a 'coragem' pra enfrentar os problemass né!

    Mto lindo tudo isso que escreveste!

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Ei Alexandre,

    Coisa boa ver você passeando pelo meu cantinho. Volta sempre que ele adora receber visita boa.

    Obrigada pelo comentário. Quando passou por lá, tinha retirado o texto por questões de eu comigo mesma, sabe? rs. Mas decidi colocá-lo novamente. Quando puder, dá um cheirinho nele.

    Coisa boa ler texto seu, moço. O desenho das tuas palavras vira vida boa de viver. Realmente em muitos momentos a gente não sabe bem pra onde vai e se vai pro lugar certo, mas o certo ou errado fica tão pequeno depois que o caminho ensina pra gente alguma coisa. Outras vezes o caminho tá tão claro, mas a gente fecha os olhos e vai sem querer ver. Na busca, sempre e sempre de ser feliz.

    Beijo meu!

    ResponderExcluir
  4. É, ás vezes é difícil correr atrás. Falta coragem e sabedoria para lidar com as dificuldades. Mas, quando conseguimos enfrentar tudo e seguir... Ah!!! A recompensa é enorme!!!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Assino em baixo em tudo q disse...
    Os problemas/soluções são mesmoc ronologicos... É só ter a sensibilidade de saber qual o momento pra viver cada etapa.. Levantar e seguir em frente...

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Meu querido, preocupei-me ao ler teu comentário, principalmente pela 'pontinha de tristeza' que deixaste escapar por lá. Apressei-me em vir saber o que estava acontecendo, mas deparei-me com este texto de teor tão profundo, com reflexões tão maduras, de posições tão bem delineadas, que me tranquilizei. Fiquei pensando:

    *este meu amigo sabe das coisas, ele vai continuar abrindo seus caminhos com a mesma determinação de sempre. Ele sabe que viver muitas vezes dói, que os caminhos não se abrem direto para a luz, e que é preciso muitas vezes caminhar por ruas ensombradas para se chegar até o sol*

    Confio em ti, menino lindo, e sei que os teus 22 aninhos já te deram bagagem suficiente para saber que "o que nos instiga sempre a perseguir novos rumos é a vontade de crescer, aprender, e descobrir nós mesmos e Deus."

    Sabe o que fiz com aquela pontinha de tristeza? Coloquei-a no meio de um ramalhete de coloridas flores do campo, embrulhei-o num papel acetinado de estrelinhas, atei com um delicado raio de luar, e pedi a um lindo anjo de asas azuis que levasse até o colo de Nossa Senhora e ali o depositasse. Ela saberá transformar a tua pontinha de tristeza numa imensidão de esperança dentro do teu coração. E quando a esperança florescer, certamente os sorrisos voltarão a enfeitar a tua face, a alegria voltará a reinar na tua alma e será novamente festa no teu coração.

    Te amo, menino lindo, amigo querido, meu doce irmão!

    ResponderExcluir
  7. ...a vida é uma longa estrada a ser percorrida mesmo que às vezes nos perdemos pelo caminho sem saber que em alguma esquina encontraremos a saída...

    a boa pedida então, e não ter medo
    de caminhar...

    um bj, menino que me fez pensar...

    ResponderExcluir
  8. é no que acredito,ALF: que temos muito o que aprender neste caminho,antes de encontrar a tal FELICIDADE.
    É pra isto que estamos aqui,creio eu.

    :)

    Abraços e uma semana show à vc.

    ResponderExcluir
  9. Todos procuram um caminho. eu ainda estou nessa busca insasiavel pelo meu valor e dever na Terra. Tenho muitos projetos a cumprir e pessoas que me estendem a mao - mas preciso ser pé no chão, caminhar sozinha. Talvez eu seja muito orgulhosa, mas comigo tem de ser assim.
    Procuro a luz. Procuro o caminho da luz.

    ResponderExcluir
  10. foii tao bom ler isso hojee :)
    adoreei xd

    bejoo

    ResponderExcluir
  11. Meu fazedor de auroras!!

    Eu voltei.

    :*

    ResponderExcluir
  12. vou tentar pôr em prática a sua filosofia ;D

    beijos e se cuida!

    ResponderExcluir
  13. Alf!

    Por estes caminhos, vim conhecer o seu blog. E adorei. Voltarei mais vezes.

    Lindo texto, Alf. Viver é uma arte que estruturamos todos os dias, quando discernimos e traçamos contornos para seguir uma jornada equilibrada. A busca é constante.

    Bj

    ResponderExcluir
  14. Moço...

    Como sempre vc conseguindo transmitir seus pensamentos de forma clara e poética...

    Adoro vir aqui!!!

    Beijo e mais beijos...

    ResponderExcluir
  15. ALF, de tropeço em tropeço vamos seguindo nosso caminho rumo ao aprendizado de vida, em busca do nosso destino maior, que é a felicidade. Abraço.

    ResponderExcluir
  16. Passando pra deixar-te o sorriso de um lindo anjo brincando numa rosa azul. Também um beijo no coração, com meu carinho! Fique bem, menino lindo, fique bem!

    ResponderExcluir
  17. Muito bonito o texto (que lembra uma música do strokes) e o blog..
    :)

    ResponderExcluir
  18. Sempre sempre sempre! buscar renovações! Lindo Alf!

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!