26 de julho de 2008

Um Beija sem Flor, uma vida sem Amor

Para: Flor



Na vibração esvoaçante das folhas
Recaio meus olhos em sonhos.
E sonhos que não fogem de mim,
De momentos que desejo pra mim.

Não aperto mais meu coração.
A fragrância que sinto ao redor
é muito mais firme, embora doa sem dó.
Eu quero sentir a sua vibração.

Na noite alimento a chama tremulante
que baila por entre meus afetos,
e reside distante, como uma doce ilusão.
Sem o seu amor não é bastante.

Muitas belezas incorporam meu ser,
mas nenhuma me dá mais prazer.
Sinto-me incompleto, sem destino pra ir.
Poupe minha vida, sua luz não me faz cair.

O que busco está além do que posso ver.
Não está apenas nos versos de uma dor,
nem na pureza de um coração.
Meu vôo necessita de uma motivação.

O que quero é um lugar pra aterrissar,
onde meu afeto e meu amor possam repousar.
E que seja esse lugar o seu colo, o seu olhar.
Quero nos teus braços, todo dia acordar.

Sou um Beija solitário. Vivo em busca de ti, Flor.
Pra completar a minha vida e sentir o seu sabor.
Encontrei essa essência no teu resplandecer.
Por favor, não me deixe morrer.

A minha felicidade está atrelada à sua.
E só me motiva viver se tiver ao lado de mim, você.
Se não puder estar do seu lado, não há como viver.
Um Beija sem Flor, é como uma vida sem Amor.


Assinado: Beija.


*Poema extraído de uma das cartas do Beija para Flor.



----------
Aspas do Autor: Com esse poema fecho minhas considerações ao conto do Beija e Flor, que particularmente me tocou profundamente. Agradeço a todos pelos lindos e sensíveis comentários sobre o conto do Beija e da Flor. O que eu não imaginava é que ele fosse me afetar tão intensamente. Acreditem, mas fiz despretensiosamente, e agora observando, me surpreendo com o meu coração e com tudo que pude expressar. O conto em si meus amigos tem muito de mim e do que sinto. O comentário da Mary foi correto. O Beija tem muito de mim, do que sinto, e do que sonho e desejo, anseio pra mim. No fundo mesmo, eu me coloquei na pele do Beija, eu me transportei para a história. Sou sensível e ninguém vai me tirar o que mais admiro e cultivo em mim mesmo. Pra mim o amor está além do óbvio, está perceptível em tudo, até em pequenos detalhes, que a gente só consegue enxergar na alma. Fora que eu amo incondicionalmente contos de fadas. Da mesma maneira que o Beija, eu necessito também de uma flor. Hoje me sinto incompleto também. Acho até que já tenha encontrado essa flor, embora o destino tenha nos separado. Coisas da vida, coisas incompreensíveis. Hoje estamos cá e ela lá. A certeza que eu tenho é que ainda reside aqui dentro resquícios do seu sorriso, de seu olhar, seu jeito de rir e de me encantar. Ainda sinto sua fragrância. Mas caminho hoje sem saber pra onde vou, sem saber aonde chegar. Espero ansiosamente minha flor encontrar.
Quem não leu a história, é só conferir meus dois textos anteriores.
Meu carinho a todos. E me desculpem se me excedi nas minhas últimas considerações ao conto. Como repito, ele me tocou profundamente...
Felicidades a todas as Flores e Beijas por aí.

20 comentários:

  1. Meu anjo, parabens mesmo!
    voce tem as palavras mais lindas que ja vi

    aamei demais teu espaço de verdade
    posso linkar?
    um beijo

    ResponderExcluir
  2. Li as duas partes! é uma surpresa te ver escrevendo contos. Surpresa boa, pq está muito lindo, viu? Sou tb uma romantica inveterada e histórias de amor me fascinam!!! rs...
    Beijocas querido

    ResponderExcluir
  3. Impossível não ficar tocada pela tua sensibilidade. E ainda bem que admiras isso em ti, porque eu também admiro muito pessoas com essa capacidade de sentir sem vergonhas ou reservas.

    E no fundo todos nós que ainda não encontrámos a tal pessoa, ansiamos por um Beija ou uma Flor. Afinal, o que somos nós sem amar e ser amados?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. seus textos realmente emocionam a gente. os olhos enchem de água mesmo.
    amigo, espero de todo coração que vc encontre essa flor o mais rápido possível. ela não faz idéia do que ela está perdendo. pessoas sensíveis como vc não encontramos por aí facilmente, não. sorte pra vc... tenho certeza que vc vai se completar e ser muito feliz. vc merece.
    beijocassssssssssssss

    ResponderExcluir
  5. blz Alexandre!...to passeando pelo seu blog e gostei muito!... venha até o DIARIO tbm e esperamos q vc goste ta bom!... Olha só agora eu quero pedir pra vc uma força um tanto romantica...la no PALACIO REAL...esta tendo uma votaçao pr principe e princesa e eu queria muito ganhar junto com a minha namorada Nizi...por isso peço pr vc essa força...corre lá por favor e vote assim...NIZI PRINCESA E VINI PRINCIPE...AMBOS DIARIO DE UMA PAIXAO...por favor vote na gente???..rsrs caso vc possa vai ai o endereço!... http://kukula.sites.uol.com.br/salaocultural.html É ISSO SE VC PUDER NOS AJUDAR!!..MAIS OLHA O CONCURSO TERMINA DIA 27 HOJE!!...CORRE POR FAVOR ...RSRSR UM BEIJO GRANDE!..ÓTIMO FDS! Viini & Nizi

    ResponderExcluir
  6. Que belo poema, meu amigo!
    E afinal, o que é uma vida sem amor?

    Lindo poema, assim como foi lindo o conto... Lindos, cehios de sentimentos, intensos...

    Um beijão pra tu

    ResponderExcluir
  7. Olha, que vc nem precisa dizer preu vim aqui
    venho sem voce pedir ^^
    haha
    agora vc não vaio se livrar de mim fácil xD
    grande beijo

    ResponderExcluir
  8. Alf, meu querido, terno e sensível amigo: Quando li a primeira parte do teu conto prometi que viria no dia seguinte para ler o resto, ansiosa que estava pela continuação. Infelizmente, meu anjo, isto não foi possível. Somente hoje o faço, mas fiz questão de ler novamente a primeira parte, tão encantadora a achei. A continua não poderia vir de outra forma que não fosse também para nos encantar a alma. O poema, ah, meu doce amigo, que sensibilidade exala de cada verso teu! Tudo tão profundo, tão meigo, tão inundado de beleza e significado! Tens mesmo o dom da escrita, amigo, quer seja em textos reflexivos, contos ou poemas. Isto porque tu deixas o coração falar com as palavras que estão semeadas nos ternos sentimentos e nas gratas emoções que te saem da alma. Sei que outros contos e poemas virão, e estaremos todos aqui, meu querido, para receber tuas 'flores' em forma de Poesia. Parabéns por este novo caminho que estás a empreender e que sei, com toda a certeza, terá o mesmo êxito dos teus outros escritos.

    Com relação à tua vida pessoal, meu anjo, bem sabes o que te desejo, o que torço para que te aconteça. E tenho certeza de que um dia, muito em breve, teu coração de 'Beija' há de encontrar uma 'Flor' onde teu amor possa se depositar em confiança, transformando as esperanças numa doce realidade.

    Estou deixando estrelas e sorrisos enfeitando o teu sonhar, um beijo no coração, e um punhado de flores para ornamentar a tua semana.

    Sabes que te amo, amigo querido, e te desejo toda a felicidade do mundo.

    ResponderExcluir
  9. eu li de duas manerias essa tua poesia para uma flor, li ele na íntegra e depois reli somente o que está em negrito, duas sensações diferentes em uma só poesia ! Tu escreve com amor ! Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. queria eu encontrar um amor assim, uma Flor pra perfumar e me insipirar os meus dias... enfim, um dia acabo encontrando.

    lindo, lindo mesmo o conto de Beija e Flor.


    parabens amigo
    #)

    ResponderExcluir
  11. ah, mas primeiro dia eh dia de aprontar mesmo. . . ehh muita saudade dos amigos
    aih estudar no primeiro dia nao daa
    xD
    beijo meu anjo

    ResponderExcluir
  12. Mas tá bonito demais!!!Tudo lindo!!
    Tem um beija-flor deste que vem no meu quintal todos os dias.Além das flores eu acho que ele gosta de pegar uns bichinhos das filhas do limoeiro.E pousado no galho!

    ResponderExcluir
  13. Nossa que lindo Alf...
    muito sentimento!
    E as vezes acontece isso mesmo,acredito até que na maioria das vezes,os nossos txts falam muito sobre nós...mas ae só entende quem escreve ou então quem realmente nos conhece!

    beijo grande!
    bom fds

    ResponderExcluir
  14. OMG...Foi vc mesmo?
    Não que eu dúvide da sau capacidade, mas parece coisa de gênio, certamente vc é um.
    E qnd vc morrer e as pessoas estudarem seus texto na escola, eu ficarei orgulhosa de dize - eu estava lá qnd era "apenas um blog".
    ADOREI!

    ResponderExcluir
  15. Irmão querido, desculpa a ausência. Estive sem tempo e o único tempo que sobrava era para escreve o "minidiário" e e ler alguns colegas nossos.

    Li seu iluminado poema. A censura contra o amor que está nos mínimos detalhes, como tu citaste e concordo plenamente contigo, não funciona. Seu amor é expresso perfeitamente nas palavras, no teu olhar amigo. Quem derá se todos os seres humanos fossem como tu. Mas não são, pois não utilizam o amor como tu utilizas: para o bem.


    Um poema sem uma essência,
    SEM UM SENTIMENTO, NÃO É POEMA.

    Irmão, senti em cada letra sua ternura.


    Abs e boa semana, vou ler o outro textinho, acima deste post.
    hehe


    Marcos Seiter

    ResponderExcluir
  16. Alf,
    Li o tua última postagem e de repente, fui para a anterior, e vc já está me arrancando um segredo com tua sensibilidade: Amei muito, mas muito mesmo, só uma vez na vida. sofri e até hj, como me prometi, nunca mais amei. Mas te lendo, fiquei com uma pontinha, pequenina, de vontade de amar novamente. Talvez venha a ser bom desta vez!Mas se não for não custa tentar, né? Você me diz com sua ternura que é bom amar! bjos sensíveis

    ResponderExcluir
  17. Não há Beija sem Flor! :)Ternura derramada nas palavras que desenhaste por aqui neste teu cantinho dos sonhos,
    Parabéns! Eu adorei.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

O compartilhar de emoções nos ensina bastante coisa. As palavras, aquelas extraídas do coração são regalos plenos de um real sentimento. E isto encanta. A forma verdadeira de se entregar nas ideias e a intensa maneira de expressar o sentir lá de dentro, é uma arte de profunda beleza. Desperte o seu sentimento aqui, e não hesite em demonstrar o que pensas, o que achas, o que sentes e o que amas. Sinta a leitura e me encontre nas palavras. Opine e eu te encontrarei. Esta troca é o que nos ajuda a conhecermos e aprender melhor, sobre a vida, sobre o ser humano e sobre as diferenças. Eu serei profundamente grato. Obrigado!